A visita ao concelho

 

      No dia vinte e um de outubro, fomos visitar alguns lugares importantes do concelho de Castelo de Paiva.

      O primeiro lugar que visitámos foi a Quinta da Fisga na freguesia de Bairros. Nós vimos uma casa antiga que tinha o brasão da família na entrada, por cima do portão. A casa tinha uma capela que já tem 233 anos. Ao lado da casa havia um urgo, que é uma árvore muito grande e muito antiga porque as suas raízes já estão fora da terra. Outra árvore rara que lá havia era a árvore do papiro que era um tipo de papel usado antigamente. Também havia muitos diospireiros, macieiras, laranjeiras, castanheiros, videiras, azevinho, medronheiros e muitas plantas raras no jardim. Também vimos a fonte das três bicas que é a construção mais importante da Quinta. De seguida fomos ver a casa dos lavradores, o carro dos bois, os canastros e a eira.

      Depois fomos para a freguesia de Fornos onde passámos pelo muro da entrada da quinta da casa do pai de Santo António, onde se podia ver o brasão da família Bulhões. Fomos ver a Ilha dos Amores que fica no rio Douro, onde também desagua o rio Paiva.

      Depois de irmos ao Castelo, passámos na freguesia de S. Martinho de Sardoura e na freguesia de Santa Maria de Sardoura, onde vimos o Anjo de Portugal, que é um monumento de homenagem às vítimas da queda da ponte.

      De seguida, fomos à freguesia da Raiva e lá vimos um Pelourinho, que antigamente era o tribunal. Depois fomos à capela da Srª das Amoras, em Oliveira do Arda, onde se conta a lenda que um sobreiro deu amoras.

      Posteriormente subimos ao monte de S. Domingos onde vimos uma capela e um carrilhão. Dali podemos ver para muito longe, até ao Porto. Ao fundo, vê-se o rio Arda que desagua no rio Douro na freguesia de Pedorido.

      A seguir passámos na freguesia de S. Pedro do Paraíso e vimos a capela de Santa Eufêmea.

      Na freguesia de Real, lugar de Vilar, vimos a placa que assinala o local onde foi entregue o foral. Este documento foi passado pelo rei D. Manuel a 1 de dezembro de 1513 e regista que Castelo de Paiva passou a ser concelho.

 

 

Aqui ficam algumas fotos:

 

 

À entrada da Quinta da Fisga - reparem no brasão da família por cima do portão.

 

 
A casa dos Senhores da Quinta da Fisga

 

 

 
O urgo e o pombal

 

 

 
A Fonte das Três Bicas

 

 

 
A entrada da casa do pai de Santo António
 

 

 

 
A Ilha dos Amores no meio do rio Douro. À direita podemos ver o desaguar do rio Paiva.

 

 

 
O Pelourinho na Raiva

 

 

 
A capela da Srª das Amoras

 

 

 
Vista do monte de São Domingos. Ao fundo, o lugar de Oliveira do Arda, da freguesia da Raiva. Depois, as águas do rio Arda a desaguar no rio Douro, já na freguesia de Pedorido.
Do outro lado do rio Douro, vemos o concelho de Gondomar, que pertence ao distrito do Porto.

 

 

 
Capela de São Domingos

 

 

 
Carrilhão no monte de São Domingos

 

 

 
Capela da Santa Eufêmea na freguesia de São Pedro do Paraíso

 

 

 
Placa da entrega do foral, no lugar de Vilar, freguesia de Real
publicado por turminhafabulosa às 18:58